Boletim – 752/08

Compartilhe!

* Sumario do boletim DFJUG # 752 enviado para 30.824 desenvolvedores Java
* Novo tutorial gratuito do DFJUG : Criando relatórios em Java
* Um pouco da historia do DFJUG e a importância das boas palestras
* Impressões sobre o JavaOne 2008
* Notas sobre o IBM Development Conference 2008
* Novo livro : Testes Funcionais de Software
* Convites para o The Developer´s Conference 2008
* Cursos Java da Training Tecnologia
* Certificação Java
* Emprego Java (02)
****************************************************************/

Hoje 18.497 participam dos cursos JEDI – www.dfjug.org/DFJUG/jedi/index.jsp

__| Novo tutorial gratuito do DFJUG : Criando relatórios em Java |__ Você ainda tem dificuldade em criar seus relatórios escritos em Java ?

Como vocês sabem, o colega Edson Gonçalves, edson@integrator.com.br, Diretor de Tecnologia da Integrator Technology and Design, www.integrator.com.br, escreveu a pouco tempo, o livro “Dominando Relatórios – JasperReports com iReport” e publicamos no boletim DFJUG # 733 uma resenha deste livro, que você ainda pode ler em www.dfjug.org/DFJUG/livros.jsp

Em cima deste livro e material, ele escreveu para a comunidade um tutorial desta ferramenta, que você pode baixar da pagina principal do DFJUG, de forma inteiramente GRATIS. Ele disse :

Muitos desenvolvedores que trabalham na plataforma Java, principalmente aqueles que estão migrando de outras plataformas, necessitam fazer relatórios. O Java já teve muita dificuldade no passado com relação a ferramentas profissionais de geração de relatórios, todas muito caras e até mesmo complicadas. Felizmente, temos hoje uma biblioteca madura, de código fonte aberto, chamada de JasperReports, que possui características que não deixa nada a desejar para programas profissionais que trabalham com geração de relatórios. Porém, seu sucesso não seria tão grande se não houvesse o iReport, uma ferramenta visual que desenha os relatórios.

Sabendo disso, o DFJUG preparou um tutorial especial, ensinando os primeiros passos no iReport.

Esse tutorial, que possui mais de 80 páginas, procura introduzir o usuário a se familiarizar com a ferramenta iReport rapidamente, de modo que ele possa criar seus relatórios com até mesmo grupos e parâmetros, aprendendo por fim como executá-los em uma aplicação desktop.

Caso alguém queira fazer um feedback ou tirar alguma dúvida, é só enviar o e-mail pra mim.”
/***/
Nos do DFJUG agradecemos, mais uma vez, o colega Edson por disponibilizar para a nossa comunidade este importante conhecimento e de forma inteiramente grátis. Nos honra saber que muitos entendem e apóiam nossa proposta de trabalho.
/**** Curso presencial DFJUG – Design Patterns, 19/Julho (por 10 sábados) ****/

__| Um pouco da historia do DFJUG e a importância das boas palestras |__ O Guia do Palestrante Empresarial e’ o mais novo livro que, mais uma vez, orgulhosamente, sai com o selo do DFJUG. Este e’ o décimo primeiro livro escrito pelo nosso amigo e colega Fernando Anselmo, fernando.anselmo@dfjug.org, coordenador e moderador da lista de discussão do DFJUG,

Quando ele estava finalizando a redação deste livro, que tinha o titulo provisório “O Verdadeiro Orador”, Fernando me pediu que escrevesse a introdução deste seu novo trabalho. Me senti ao mesmo tempo honrado e muito amedrontado. O que escrever de uma pessoa que eu admiro bastante, trabalho com ele na mesma empresa e, no DFJUG é alguém com quem convivo praticamente todo santo dia, já a vários anos ? Um baita problema, no mínimo um assunto, digamos… um pouco delicado !!!

Fui enrolando e … ele me cobrando. Semanas se passaram, eu empacado e ele… pressionando. Ate’ que o livro entrou na revisão final e eu tinha que entregar o texto, de qualquer maneira. Ele agora já estava me xingando, pelo telefone e por e-mail. Decidi fazer uma brincadeira com ele. Escrevi o texto, literalmente de uma sentada (baixou inspiração), e o enviei diretamente para o editor Nilton de Oliveira, da Visual Books. Combinei com ele e a Laura que, nos não contaríamos para o Fernando que eu já havia escrito e despachado a introdução para eles. Um dia o Fernando contrariado me ligou dizendo que o prazo tinha expirado, e o livro tinha entrado no prelo, e agora não adiantava mais eu escrever a introdução, que ele havia me pedido.

Já havia esquecido o assunto quando, a duas semanas atrás o Fernando me liga, me xingando novamente, só que desta vez, porque havia acabado de receber a primeira copia de seu novo livro da Visual Books e, para sua enorme surpresa, lá estava a publicado o texto que havia enviado anteriormente para o editor. Rindo, depois de alguns nomes impublicáveis, ele agradeceu, e me enviou um livro com uma divertida dedicatória. Se você chegou até aqui, nesta minha pequena historia, deve estar se perguntando, curioso, afinal, o que foi que eu realmente escrevi ? Bom, segue abaixo a introdução do livro O Guia do Palestrante Empresarial, do “cumpadi” Fernando Anselmo :
/***
Não foi fácil escrever a introdução deste livro (uma honra e um privilegio) que você tem nas mãos, pois não é fácil ser técnico, preciso e imparcial quando este livro (o décimo primeiro) foi escrito por um amigo, alguém que e’ mais que um irmão e companheiro de anos de trabalho social voluntario, e’ uma pessoa que tenho um grande respeito. Um colega Java Champion !

Para contar sobre a historia de como este livro foi bolado, permita-me contar, um pouco da historia do DFJUG, pois os dois assuntos estão (a meu ver) extremamente interligados. Fundei o grupo de usuários de Brasília a mais de 10 anos e hoje (para nosso espanto permanente) este JUG e’ o maior do mundo, com mais de 26.000 participantes (Marco de 2008).

Sou testemunha de que o Fernando Anselmo, autor deste livro, quando implica com algum assunto, não da’ trégua. Alguns o chamam de “cabeça dura”, intransigente e inflexível, mas eu o chamo de persistente, e por isto, tenho uma grande admiração por esta característica de seu caráter. Desde que ele começou a participar dos nossos encontros mensais, exigia, implorava, brigava e chantageava sobre a necessidade do grupo ter uma lista de discussão, pois na época com mais de 6.000 inscritos, não tínhamos um veiculo para troca de informações técnicas. Como nenhum dos coordenadores do grupo tinha tempo para moderar uma lista deste tipo pois, acreditem-me, e’ um trabalho insano, em Junho de 2003 muito espertamente da minha parte, devolvi o problema para ele, convidando-o a ser um dos coordenadores do DFJUG, com a missão de criar e moderar a lista. Começou ai’ um convívio diário que de relacionamento profissional passou a ser pessoal.

Como coordenadores de JUG, temos como uma das nossas missões mais importantes, convidar palestrantes para nossos encontros mensais. Profissionais que tem o respeito da comunidade e que sabemos ter assuntos interessantes para repassar para o grupo. E ai’ começa o problema, tema deste livro.

Como bons “Geeks” que somos, viciados em tecnologia, estereotipo hollywoodiano de seres anti-sociais, óculos de lente grossa e cara de bobo, eternamente focados na tela de seus computadores, não somos treinados em nossas escolas em técnicas de relacionamento pessoal; tão exigido hoje em dia nas empresas que trabalhamos. Pois, devido a complexidade da tecnologia, trabalhamos em times onde cada profissional se especializa em uma área especifica. Raramente somos ensinados nas corretas técnicas de apresentação de projetos, apesar de precisarmos fazer isto o tempo todo, seja na sala de aula, para apresentar o trabalho do nosso grupo, ou profissionalmente, na frente de um cliente, para demonstrar as funcionalidades de um programa de computadores. Aqueles que naturalmente se sobressaem, por simples talento pessoal ou persistência, por forca da ausência de outros colegas que queiram fazer isto, sob a desculpa de que “detesto falar em publico”, acabam tendo as melhores oportunidades no trabalho, ascensão profissional, interessantes viagens e bons salários. Quem domina estas arcanas técnicas acaba muito valorizado no mercado de tecnologia e freqüentemente torna-se o garoto propaganda, “a cara” da empresa, a “figurinha carimbada ou, em ultima instancia um “Evangelista”.

Eu me lembro bem o dia que este livro começou a ser “gestado”. Convidamos um colega, muito respeitado na comunidade, criador de uma ferramenta open source que aumenta a produtividade do nosso trabalho de desenvolvedor. Divulgamos o evento com antecedência, criamos uma expectativa positiva nos colegas, e no dia …. auditório lotado, Fernando e eu fizemos a abertura do encontro, enchemos “a bola” do convidado, rapidamente fomos sentar, para também apreciarmos a tão aguardada apresentação e… um desastre! O homem não sabia falar em publico, sem postura física, todo torto na mesa, cheio de vícios de linguagem, falava baixo e para dentro, depreciando os slides que ele mesmo havia criado, se desculpando o tempo todo sobre tudo, com montes de gírias, palavrões e piadas sem graça, acabou tornando um evento que tinha tudo para dar certo numa catástrofe. Ate’ hoje acredito que ele apresentou o conteúdo que se propôs mas, não me lembro. A presença dele irritava tanto que dava pena ver o coitado se esforçando em fazer algo que ele não era, um palestrante.

Neste momento, eu e o Fernando, sentados no fundo do auditório, vendo este ser esvaziado rapidamente com as pessoas reclamando em voz alta, começamos a discutir sobre os erros de apresentação que o palestrante estava comentendo, e marcado em um papel quantas vezes ele falava “basicamente”. Em vez de perdermos o nosso tempo, e educadamente escutar o que o apresentador tinha para nos transmitir, começamos a conversar sobre como era triste ver um assunto tão interessante, ser massacrado daquele jeito, por alguém tão tecnologicamente competente mas que não tinha nenhuma habilidade, ou bom senso, em fale-lo corretamente, em respeito aos convidados presentes. Naquele momento estava nascendo este livro que você tem nas mãos.

Ao longo destes anos, em auditório ou em sala de aula, temos presenciado bons e maus apresentadores, sejam professores, instrutores ou palestrantes e, aprendemos muito. O resultado, e’ este livro, que mostra de forma clara, direta e precisa os “faca” e os “não-faca” de uma apresentação, para um publico que espera que VOCE transmita de forma clara e precisa a idéia que quer compartilhar. O autor deste livro, Fernando Anselmo, tem centenas de horas de experiência em transmitir informações para alunos ou publico em eventos técnicos. Por isto, posso afirmar que ele conhece o tema e sabe do que esta escrevendo. Vale a pena investir e estudar este tema que, estou certo, e’ importante para sua carreira!

Boa leitura e MUITO aprendizado.

Obs: Texto publicado sob autorização do Editor /***/ Mais informações sobre este livro em: http://www.visualbooks.com.br/product.htm?itemId=16088
Código: #01118
ISBN: 978-85-7502-232-0
Paginas: 174
Edição: 2008
Preço: 25,90
/**** Curso presencial DFJUG – Design Patterns, 19/Julho (por 10 sábados) ****/

__| Impressões sobre o JavaOne 2008 |__ O colega Alexandre Gomes, alegomes@gmail.com, que também participou do ultimo JavaOne, esta’ compartilhando seus comentários (e fotos) sobre o maior evento de informática do mundo, uma vez que em Maio deste ano participaram mais de 15.000 javaneses de todo o planeta. Ele disse : Fiz alguns comentários e publiquei algumas fotos nossas.

http://blog.seatecnologia.com.br/articles/2008/06/25/impressoes-sobre-o-javaone-2008

http://alexandregomes.multiply.com/photos/album/111/20080531_-_Java.Net_meeting

http://alexandregomes.multiply.com/photos/album/113/20080506_-_JavaOne_2008_traditional_view

http://alexandregomes.multiply.com/photos/album/114/20080506_-_JavaOne_2008_my_personal_view
/**** Curso presencial DFJUG – Design Patterns, 19/Julho (por 10 sábados) ****/

__| Notas sobre o IBM Development Conference 2008 |__ Frederico P. Rezende, fredrez@br.ibm.com, IBM Rational and Developer Relations Marketing Manager da IBM do Brasil, nos conta como foi o IBM Development Conference 2008

We can be heroes, musica de David Bowie, abriu o evento IBM Development Conference para mais de 300 profissionais de TI no dia 18 no WTC em São Paulo. A escolha da trilha e’ simples. Se antigamente, um herói sabia voar e salvar donzelas, numa Época dependente da tecnologia, o herói tem de proteger o mundo do caos, controlar sistemas críticos, corrigir falhas e atender pedidos de usuários finais. Esses heróis são os Rational Users Heroes, que alem de apagar incêndios originaram todas as novidades tecnológicas que mudaram nossas vidas nos últimos 25 anos, como lojas e bancos virtuais.

Nossos atuais heróis assemelham-se a liga do Capitão Planeta, que sabem que e’ preciso juntar poderes para salvar o mundo. Para isso, ha dois anos, a IBM criou em parceria com clientes a plataforma aberta e colaborativa jazz.net. Ela mudou a forma como os desenvolvedores trabalham, tornando equipes mais colaborativas e distribuídas globalmente em diversos horários de trabalho.

Durante o evento, a IBM apresentou a primeira família de produtos IBM criados com base em jazz. Eles ajudam equipes de desenvolvimento distribuídos geograficamente a trabalhar juntos em tempo real e de forma transparente. A IBM esta disposta a resolver problemas como comunicação ineficiente entre equipes, desintegração de ferramentas ou de equipes em geografias ou jornadas distintas, falta de visibilidade do negocio e dificuldade de encontrar ativos e informações confiáveis. O objetivo da IBM Racional é oferecer Governança do processo de negocio de entrega de software, fomentando inovação e gerando diferencial competitivo, disse Roberto Argento, gerente de Rational da IBM Brasil.

Disponível a partir de 30 de junho de 2008, o IBM Rational Team Concert incorpora tecnologias de rede social, tais como mensagens instantâneas e detecção de presença, no gerenciamento de projeto de fornecimento de software em uma escala global. A solução baseada em padrão aberto inclui coleta automática de dados, gerencia de configuração e mudanças e automação de melhores praticas, reduzindo significativamente a documentação, e oferecendo, em tempo real, as informações de situação do projeto para reduzir os riscos.

IBM Rational Team Concert suporta ate’ 250 usuários por servidor e ate’ 2009 oferecera funcionalidades para equipes de qualquer tamanho. Ha ainda uma versão gratuita da solução disponível para download neste site. O uso e’ por tempo ilimitado, mas a gratuidade e’ restrito a três usuários, mesmo que a plataforma consida suportar ate’ 10 usuários.

A base dessas novas ofertas e’ a tecnologia colaborativa Jazz, que oferece uma plataforma de serviços que viabiliza a integração. De maneira similar ao que o Eclipse fazia para consolidar o desktop, Jazz oferece suporte a um amplo portfólio de soluções de gestão de ciclo de vida de aplicativos colaborativos. Nos próximos anos, a maior parte do portfólio IBM Rational ira evoluir para incorporar a tecnologia Jazz, aprimorando a colaboração de times e tornando mais fácil integrar produtos IBM e de parceiros.

Outros lançamentos
– IBM Rational Requirements Composer – ajuda equipes a chegar a um consenso de como um projeto deve ser elaborado, usando artefatos familiares de negócios, tais como esboços seqüenciais, rascunhos, cenários e modelos. Atualmente em versão beta, esse novo software ajuda a visualizar tarefas, reduzindo o trabalho duplicado e ciclos de revisão de requisitos.

– IBM Rational Quality Manager – software de planejamento e processo de teste que oferece uma visão unificada de todos os aspectos de um plano de qualidade. Com 100% de acesso distribuído e colaboração baseada em Web 2.0, esse novo software rastreia em que ponto do ciclo de fornecimento de software o projeto esta, ajudando a priorizar os problemas a serem resolvidos.

– Novas versões de IBM Rational ClearCase, IBM Rational ClearQuest e IBM Rational BuildForge – agora oferecem monitoramento global de servidor 24 horas por dia 7 dias por semana, somado a segurança aprimorada com listas de controle de acesso e suporte ágil de processo.

– Nova versão do IBM Rational RequisitePro integrada com o novo Rational Quality Manager para rapidamente transformar requisitos de projeto em planos de teste.

– IBM Rational Asset Manager integrada com a tecnologia Jazz no IBM Rational Team Concert para ajudar a gerenciar o uso de ativos de desenvolvimento.
/**** Curso presencial DFJUG – Design Patterns, 19/Julho (por 10 sábados) ****/

__| Novo livro : Testes Funcionais de Software |__ Nilton de Oliveira, nilton.oliveira@visualbooks.com.br, editor da VisualBooks, e parceira do DFJUG e especializada em livros de informática divulga o lançamento de seu novo livro : Testes Funcionais de Software

Este livro é uma base sólida para todos que desejam iniciar em Testes, sobretudo em Testes Funcionais, sejam gerentes de projeto, analistas, desenvolvedores ou profissionais da área de qualidade.

Testes efetuados sobre o comportamento das aplicações ou testes das funcionalidades de um sistema são chamados de Testes Funcionais. Esse tipo de teste é o mais importante que pode ser executado num ambiente corporativo no momento em que se resolve validar uma aplicação.

Primeiramente, a aplicação tem que funcionar conforme se propõe a funcionar. Se ela não atende às exigências, não funciona corretamente, tudo deve parar. Daí a importância dos Testes Funcionais.

No momento que o leitor conhecer a poderosa força dos Testes, perceberá que haverá um ganho real para a organização.

O livro se divide em duas partes. Na primeira você terá os conhecimentos básicos de Testes sob o ponto de Testes Funcionais e, na segunda parte você conhecerá, em detalhes, um Teste Funcional, incluindo os itens: Como Criar Requisitos e Casos de Testes, Técnicas Específicas de Testes Funcionais e Caso de Estudo.

Esta obra se destina aos estudantes de informática, analistas de sistemas, engenheiros de software e gerentes de projetos que necessitam entender e se aprimorar em Testes de Software, um dos pilares em Qualidade de Software.

Veja o convite para lançamento do livro em: http://www.youtube.com/v/ZrejKbkL4hU

Sobre o Autor : Leonardo Molinari, e’ engenheiro eletricista com especialidade em Sistemas e Computação (UERJ) e pós-graduado em Gestão pela Qualidade Total (Estácio de Sá). É especialista em Técnicas e Estratégias de Desenvolvimento e em Tecnologias OpenSource.
Tem atuado na área de Qualidade de Software, principalmente em Gestão de Configuração, Requisitos e Testes.

É certificado em Testes pela Mercury Interactive e pela Rational e consultor em Soluções de Testes em Empirix e Segue.
Atua na área de Gestão de Configuração e de Requisitos com experiência em RequitePro, Doors, CVS, PVCS e Synergy, além de ser palestrante, professor e autor dos livros: Testes de Software, BTO Otimização da Tecnologia do Negócio e Gestão de Projetos – Técnicas e Práticas com Ênfase em Web e Gerência de Configuração – Técnicas e Práticas no Desenvolvimento do Software.

Mais detalhes em http://www.visualbooks.com.br/product.htm?itemId=19015&affid=542
ISBN : 978-85-7502-234-4
Paginas : 214
/**** Curso presencial DFJUG – Design Patterns, 19/Julho (por 10 sabados) ****/

__| Convites para o The Developer´s Conference 2008 |__ Como informamos na semana passada, nossa comunidade foi convidada para o “The Developer’s Conference 2008”, que acontecera’ em Sao Paulo, daqui a duas semanas. A Diretora Educacional da Globalcode, Yara M. H. Senger, nos enviou Quatro (04) “Convites cortesia”, gratuitos, para este evento, que serao enviados para os primeiros interessados que demonstrarem seu interesse para contato@globalcode.com.br.

Ela disse : Estamos realizando a segunda edição de nosso evento de tecnologia Java para ambiente corporativo – The Developer´s Conference 2008. A você, desejamos convidá-lo e aos demais colegas, para participarem desta Conferencia, que acontecera nos dias 25 e 26 de julho, em São Paulo.

E’ uma oportunidade excelente para conhecer o que esta acontecendo no mundo Java EE e discutir questões de metodologia e processos, a um custo bem acessível. O evento esta formatado em duas trilhas simultâneas, com palestrantes internacionais e convidados de alto nível técnico.

Oferecemos condições especiais para grupos e também estamos negociando facilidades de hospedagem para interessados de fora da grande São Paulo. Se houver numero suficiente de interessados, sugerimos organizar uma caravana para reduzir ainda mais os custos.

Para saber mais sobre o evento, acesse www.thedevelopersconference.com.br ou ligue para (11) 3171-1987

Open Source Education : Mini-cursos Gratuitos Lembramos tambem que estamos sempre a disposição para ministrar mini-cursos gratuitos. Mais informações no da Globalcode. Esperamos contar com a sua presença
/**** Curso presencial DFJUG – Design Patterns, 19/Julho (por 10 sábados) ****/

__| Cursos Java da Training Tecnologia |__ Camila Guimarães Miranda, mila@trainingtecnologia.com.br. da Training Tecnologia, www.trainingtecnologia.com.br, empresa parceira do DFJUG oferece :

Turma: Java para web
Data de inicio/termino: 10/07 a 11/08
Período: noite
Sede: Taguatinga

Turma: Pacote Java
Data de inicio/termino: 28/07 a 16/10
Período: tarde
Sede: Taguatinga

Turma: Java para web
Data de inicio/termino: 21/07 a 29/08
Período: noite
Sede: Brasília

Lembramos que todos os membros da comunidade cadastrados possuem o total de 20% de desconto no ato da matricula.
Informações: 61 3323-3000
www.trainingtecnologia.com.br
/**** Curso presencial DFJUG – Design Patterns, 19/Julho (por 10 sábados) ****/

__| Certificação Java |__
O colega e amigo Givanildo Santana do Nascimento, gsnascimento@gmail.com, JUG Leader do SEJUG (Sergipe Java Users Group, http://www.sejug.org) repassa a boa noticia acontecida com um de seus associados e, também um importante depoimento.

Fillipe Lima, fillipelima@gmail.com, comemora : Pessoal, gostaria de compartilhar com vocês essa conquista.

Hoje fiz a prova aqui no Canadá e fiquei bastante feliz com o resultado. Depois de estudar o livro de Kathy Sierra & Bert Bates a passos lentos, pois não tinha tempo. Acreditem, li o livro no metro enquanto ia pra escola de inglês aqui. Depois comprei o Enthuware, resolvi todos os 11 simulados, fazendo entre 60% e 70%. Mas ainda não estava me sentindo seguro, daí comprei o Whizlabs e resolvi todos os 6 simulados fazendo entre 65% e 75%.

E deu no que deu, como muitos falam, você tira 10% a mais na prova, pois os simulados são um pouco mais difíceis. E outra coisa que vi diferente é que o tempo que tive foi de 3h20, enquanto que nos simulados eu tinha somente 2h55.

É isso aí, para aqueles que estão pretendendo tirar a certificação também, o negócio é praticar os simulados. e sempre que tiver dúvida, abra o eclipse e digite código, mesmo que você seja experiente. Pois você vai ver como abre sua mente.

A estratégia que utilizei pra fazer a prova, foi a sugerida no livro:

1) Passar bem rápido por todas as 72 questões da prova e responder as que você conseguir pegar no olho (Se não tiver certeza, responda mesmo assim e marque pra revisão mais tarde). Gaste menos de 25% do tempo fazendo isso.

2) Volte pra questão numero 1 e comece a resolver a prova com mais calma, utilizando a inspiração que você ganhou na primeira fase. Se você ver que a questão vai tomar bastante tempo, pule e deixe pra 3 fase. Terminar essa fase em 50%-60% do tempo total.

3) Revisar as questões que você marcou pra revisão e resolver as questões de calculo e que levam tempo. Se você terminar essa fase e ainda tiver 10%-20% do tempo restante, ta de bom tamanho.

4) Quando você ver, você já respondeu todas as questões e agora você utiliza o restante do tempo e volta pra questão numero 1, revisando todas as questões. Nessa fase eu mudei algumas respostas, por ser casa de banana e não ter percebido antes.

Ah outra coisa, e que eu fiquei muito pirado com software da Sun, Prometric, sei lá, é em relação às questões de drag and drop! Vocês não sabem o desespero que bateu: Eu simplesmente fui respondendo umas questões de drag and drop e as que eu não sabia ou sabia pela metade, deixei completamente em branco pra responder depois, daí quando voltei pra responder, tem um botão que você clica e abre uma janela. Todas que eu clicava, recebia uma mensagem dizendo que já existia uma resposta pra questão (mesmo sem ter) e que se eu desejasse abrir eu ia perder a resposta anterior, pois ele ia resetar o formulário. E eu num lembrava as que eu tinha respondido já, pois só pelo numero da questão eu não sabia. Então se eu clicasse em uma que eu já tinha respondido ia apagar tudo. Daí olhei pro relógio e gastei meus 20% da 4 fase respondendo todas as questões de drag and drop (mais de 15)! Podia ter feito uma revisão da prova e salvado mais algumas questões.
/**** Curso presencial DFJUG – Design Patterns, 19/Julho (por 10 sábados) ****/

__| Emprego Java (02) |__
Tatiana Storckmann Santos, Analista de RH, da Politec de Curitiba (PR), empresa parceira do DFJUG, compartilha com a comunidade : Segue oportunidade para atuação na unidade da POLITEC em Curitiba.

Analista Desenvolvedor JAVA
Atuação no segmento bancário preferencial em manutenção de sistemas Temos oportunidades de Junior a sênior O tipo de contrato é CLT e para inicio imediato CV com pretensão salarial para tatiana.santos@cwb.politec.com.br /***/ Fernanda Fernandes Ministério, Diretora de Produtos e Treinamentos da Bluestar Ensino e Tecnologia, www.bluestar.inf.br, empresa parceira do DFJUG oferece : A Bluestar está fazendo seleção para uma empresa parceira. Estamos buscando um profissional de nível superior com certificação ITIL e experiência em gestão.

Interessados devem enviar currículo por email para atendimentodf@bluestar.inf.br com pretensão salarial.
/***/
As vagas de emprego e/ou estagio oferecidas neste boletim do DFJUG são de inteira responsabilidade das pessoas e/ou empresas que as submetem. O DFJUG apenas as repassa da forma como são recebidas, por acreditarmos que se trata de prestação de serviço para a comunidade Java.
/**** Curso presencial DFJUG – Design Patterns, 19/Julho (por 10 sábados) ****/

Sempre e importante ressaltar que o DFJUG e patrocinado pelo Instituto CTS – www.cts.org.br, que nos fornece todo o apoio logístico, administrativo e jurídico que nosso grupo necessita para realizar seus projetos tecno/sociais. Abraços a todos e bons códigos !!!

Daniel deOliveira
JUG Leader / Founding Java Champion
Brasília Java Users Group
daniel@dfjug.org
www.dfjug.org
Brasil

Compartilhe!